Excelência em administração

  • Diretrizes da ISSA:
  • Tecnologia da Informação e Comunicação

Excelência em administração

  • Diretrizes da ISSA:
  • Tecnologia da Informação e Comunicação

Tecnologia da informação e Comunicação -
Introdução

O uso de tecnologia da informação e comunicação (TIC) nas instituições de seguridade social representa uma tendência global. À medida que as instituições recorrem às TIC, o objetivo é o desenvolvimento de soluções que lhes permitam cumprir a sua missão, prestando serviços de alta qualidade, satisfazendo as partes interessadas e melhorando a eficiência dos processos-chave. Além disso, os desafios decorrentes da evolução permanente da seguridade social exigem um uso mais intensivo e sofisticado de tecnologia no domínio previdenciário. Nos últimos anos, as TIC têm desempenhado um papel estratégico na implementação de programas de seguridade social. A aplicação das TIC tem permitido não só a automatização de processos específicos, mas também a transformação das operações e serviços, permitindo melhorias no desempenho e qualidade do serviço das instituições de segurança social.

No entanto, apesar desses resultados geralmente encorajadores e do surgimento de produtos economicamente acessíveis, a aplicação das TIC continua sendo motivo de preocupação para as instituições de previdência social. É amplamente reconhecido que as complexidades dos sistemas de TIC estão aumentando, mas nem sempre atendem às expectativas dos resultados dos negócios. Além disso, a rápida evolução dos produtos e sua inter-relação podem impactar negativamente a estabilidade dos processos de negócios. Esses elementos levaram a preocupações com o equilíbrio custo-resultado e geraram incertezas sobre as melhores abordagens para desenvolver aplicativos de TIC bem-sucedidos.