Instituto Mexicano de Seguridade Social
México
Américas

Prevenção do HIV no Instituto Mexicano de Seguridade Social - Aplicação da profilaxia pré e pós-exposição como política de saúde pública

Ano de implementação
2022

É necessário reforçar as medidas de prevenção do VIH através do uso da profilaxia pré-exposição (PrEP) e da profilaxia pós-exposição (PEP). Desde o ano de 2021, o uso da PrEP foi iniciado em todo o país no Instituto Mexicano de Seguridade Social (Instituto Mexicano de Seguro Social ‒ IMSS), sendo a primeira iniciativa institucional no nosso país. No último ponto de corte, havia 2130 pessoas em tratamento com Emtricitabina/Tenofovir distribuídas por todo o território nacional, embora a maioria delas esteja na Cidade do México e áreas suburbanas. A PrEP é útil para a detecção atempada do VIH e para a redução de novos casos, com uma eficácia terminal de 99 por cento. No que diz respeito ao PEP, desde 2000 é aplicado em alguns casos de exposição, e desde 2022 é utilizado para todos os tipos de exposição. Esta estratégia é aplicada nas áreas de emergência dos hospitais de segundo nível e, tal como a PrEP, é uma ferramenta comprovada para diagnóstico precoce e prevenção.

Tópico:
Saúde